quinta-feira, 10 de julho de 2008

A sua amizade!!!











A sua amizade

A sua amizade sempre me fez lembrar que o sol brilha no horizonte
esquentando devagar os seres vivos em seu caminho.
Sua amizade me faz sobreviver cada obstáculo em meu caminho.
Cada pedra no caminho. Precisa ser desviada.
Precisa ser escalada. Ser a prova de tudo.
A sua amizade não me faz desistir. Me incentiva a seguir.
Seus pensamentos me incentivam a nunca desistir,
por mais árduo seja ou difícil ou cara feia.

Me ensina a não ter medo de cara feia. Quase tudo é passageiro.
Tem coisas que não se perdem no tempo, não se desfaz.
Como a amizade, a confiança, a caridade, amor, perdão.
Quantas coisas que se perdem e se desmancham com o tempo.
Como por exemplo um coração de um guerreiro.
Falei guerreiro? Desculpe! Guerreira!

Sim! Você é guerreira diante de meus olhos.
Um guerreiro reconhece de longe outro guerreiro.
Parece sensores de reconhecimento, que não deixam se perder
entre si os da mesma sintonia.

Não guerreiros de armas de fogo e branca.
Guerreiros que patrulham no bem.
Fazem das dificuldades os melhores desafios.
E vencem todos. Se derrotados uma vez, se levantam.
Até vencerem todos os desafios.
Na perseverança do bem sem jamais desistir.

A reconheci. Pois sou assim também.
Nunca desistiu de suas tarefas.
Dos desafios da vida eu também jamais desisti.

Conhecendo você interiormente, me fez lutar ainda mais.
Sem olhar para trás. Sem lamentar se fez errado ou certo.
Se errar, faça novamente até acertar.

Por onde passo muitas vezes lembro de você.
Você alegre, feliz, criativa, aprendiz e muitas vezes quieta.
Imagino você olhando uma cachoeira, pôr-do-sol
durante suas folgas de trabalho, anotando tudo em sua cardeneta,
tudo que viu, presenciou, achou lindo, suas sensações colocadas num papel entre linhas e rabiscos, desenhos e borrões.

As vezes indo em cachoeiras, vendo arco-íris,
formado com respingos das cachoeiras com a luz solar.
As borboletas repousando nas flores, aquecendo-se com o Sol.
Primeiras abelhas chegando bebendo seus néctares para fazer o mel.

Tudo em perfeita harmonia nessa cachoeira.
Os pássaros cantam, os sapos coaxam, as rãs se recolhem,
os répteis se aquecem, o vento bate nas folhas fazendo sinfonia
e a água da cachoeira cai fazendo um barulhão!

Por onde passa é bonito e belo. Tudo se encaixa.
Sente até a respiração da floresta. Nada escapa sobre seu olhar curioso.
É a doutora curiosa, pergunta sobre tudo.
Você ri com seus professores, mestres, educadores.

Todos gostam de você. Conquistou todos.
Seu sorriso único, sincero, espontâneo, infalsificável, original, autentico;
conquistou todos a sua volta, um imã até para as borboletas.
Cheio de vida, sem palavras para expressá-lo.
Seu sorriso não tem oração. Silencio vale por mil palavras.
O olhar já diz tudo que sente, que ouve. Para que falar?
Pega um violão, senta-se na pedra e comece a expressar
Suas emoções, sensações, sem erro, sem acerto.
Viva a vida na voz com violão.
Sua voz integra-se com a natureza entrando em harmonia
Com outras vozes do espaço onde se encontra.
Os pássaros cantam, você também;
A cachoeira faz barulho, você dedilha nas cordas;
Pois tudo é valido, porquanto tudo está em harmonia.

De observadora passa a ser observada, não só pelos seus educadores;
Por toda a vida que a cerca. Mais um elemento introduzido na sinfonia natural do meio ambiente onde se encontra essa cachoeira.

Seu educador faz sinal de positivo incentivando-a e dizendo que está tudo certo e que arrisque mais.
Um exercício será feito no papel e na caneta;
Uma redação do dia, do momento, expondo no papel todas as sensações e emoções para a próxima etapa da vida.

Sem medo de errar aceita o incentivo e canta Por Enquanto;
sutil e suave, fazendo dormir seres pequenos a sua volta.
- Canta mais baixo – diz educador Carlos – pois vão se assustar se exagerar no volume. Sua voz tem que ser harmoniosa e fazendo parte do meio ambiente onde se encontra.
Você concorda abaixando o volume da voz.

Você tenta parar para ver um ninho de passarinho.
- Não para! Continue! Agora eles estão se acostumando!
Você concorda! Sua respiração faz parte do ambiente;
Seu movimentos já não os assusta.
- Agora faz uma oração com o violão.

- Muito obrigada, hoje e sempre! Agora estou integrada no ambiente!
Essa foi a lição mais importante.
A vida seguiu seu rumo!
Sou feliz hoje e sempre! Amem! Amo vocês!

16 comentários:

Flor disse...

que saudade que sentia de ler coisas assim.
palavras sentimentos, todos confusos em uma só emoção
espero uma visita.

PRAZER!

Portal Poesia disse...

Martinha obrigado pela visita e elogio. Devo dizer..interessante mesmo são OS seus..rs além de belos layouts, textos plurais e interessantes. Com calma vou absorvendo. Abraços.

Flor disse...

olhe só, que felicidade em recebe-la em meu blog.
estou realmente adorando essa novidade em minha vida.
passe sempre por lá.
Beijos

Danilo Cruz disse...

Ficou bom o texto, porém a posição das imagens ficou um pouco ruim.

Joana disse...

Que lindo...
Sabe, escrevo com muita emoção, mas elas não conseguem ser tão bonitas e demonstrativas... Saem sempre tão secas quanto uma roupa ao sol do meio dia...

Desculpe a falta de modos...
Muito prazer, passarei a vizita-lo^^
(será bem vindo em meu pequeno lugarsinho~ ^^ )

Blog Esponja disse...

A amizade é uma das coisas que não acredito que o ser humano viva sem.

Ter poucos mas bons amigos é de uma divindade sem tamanho.

Blog Esponja ®
www.blogesponja.net

Jeff McFly disse...

Não vou mentir. Não gosto muito de poema. E mais um deste tamanho... quase não acabo de ler.

Mas no geral, tá até bonzinho.

abraço e vamo que vamo!

(ps: melhor de que um "blog legal" ou "post massa", né?)

Gregory Vancher disse...

Gostei muito do texto, muito raro encontrar textos em primeira pessoa que prendam minha atenção desde o começo e o seu foi um. Gostei mesmo. Parabéns pela sua formar de escrever.

http://clik.to/otherside

DuDu Magalhães disse...

Que belas palavras, sentimos leve quando lemos algo do tipo...

Guilherme disse...

Algo sim para refletir, pois amizade hoje em dia e muito raro achar uma que realmente podemos chamar de amigo.

Site Infomaniaco

Erich disse...

Falar sobre amizade é tema para páginas e mais páginas...muito bom seu poema

rosangela disse...

lINDO .. LINDO ..

amigos são irmãos que escolhemos, que temos afinidades pra fazer parte da nossa vida e que somos escolhidos tb .. srsrs

Amizade quando verdaddeira não tem nada melhor .. Abç..

Lua disse...

vc escreve de forma bem intensa né?
e escreve bem.
faço poesias tb, mas não costumo colocá-las em meu blog, uma vez ou outra coloco.
parabéns.

mundodefases.zip.net

Homenzinho de Barba Mal feita disse...

A amizade é um sentimento primordial para a construção do ser.
Belo texto!!!

Paulão Fardadão Cheio de Bala disse...

Mto politicamente correto pro meu gosto.

rfafla disse...

belo texto